Casa Cidades

Jardins do Sagrado - Plantando Insabas que Curam

TERRITÓRIO E COMUNIDADE
Entendendo a circularidade, toda comunidade tornasse nosso território, os espaços para as comunidades tradicionais de matriz-afroindígena tem como extensão de si e de onde é praticada com todos e para todos que compartilham da vivência. A partir da presença do Ciclo das Insabas nas conversas com a Secretaria de Cultura de Belo Horizonte,Fundação Zoobotânica, Fundação de Parques e outras Organizações Sociedade Civil iniciasse esse processo reterritoriamento comum para as essas comunidades.
Jardins do Sagrado é mais um desses território, que agora mais que nunca pertence e simboliza ainda mais uma ocupação dos costumes das tradições que se confluem.
Salve o povo Indígena, Salve o povo de terreiro de matriz-afroindgena.
📷 Diego Vasconcellos